"Mas agradeçamos a Deus, que nos dá a vitória por meio do nosso Senhor Jesus Cristo. I Co 15.57"

Pensando especialmente nas crianças


     
     O encontro especial pelo dia das crianças iniciou às 16h do dia 20 de outubro, com atividades diversas. A programação culminou com o culto preparado pensando especialmente nas crianças. A temática foi: Com Jesus, temos o mais importante!
     Neste culto também aconteceu o batizado da Ana Luiza de Azevedo Brito, filha da Prof. da Escola Dominical, Gisele e seu marido Gilnei. No momento do batismo, todas as crianças foram convidadas a ficarem bem próximas para assistirem o batismo da Ana Luiza - que recebeu o perdão e a fé em Jesus, conforme promessa do Salvador e Senhor. 
     Agradecemos às professoras do DEC e outros congregados que ajudaram para que o encontro fosse tão especial. 

     Após o culto, a CEL Cristo Redentor, através de sua diretoria, homenageou as professoras da Escola Dominical (das crianças) presenteando-as com o DVD 'Explorando as coisas assustadoras do Apocalipse' -  O DVD fala dos mistérios do livro que conclui a Bíblia, revelando a mensagem consoladora contida neste livro sagrado. 
     


AUTORIZADO PARA ENTRAR!


          Em muitas situações, precisamos de autorização para entrar e participar de determinados eventos. Nestes momentos, devemos apresentar documento de identificação, passaporte ou ingresso. Assim, também, sentarão na cadeira de prefeito e vice, e nos assentos do legislativo, aqueles que o povo autorizou neste último dia sete de outubro, através do voto democrático.
Ter maioridade, dezoito anos, é outra exigência para diferentes situações. Fazer carteira de motorista, por exemplo. O conceito é de que o indivíduo deve ter atingido um certo grau de independência, e possibilidade de responder por seus atos. Deve saber assumir a sua responsabilidade.
E, qual é a nossa documentação - passa porte, condição de eleitos, maioridade, ingresso – nossa autorização para entrar no reino de Deus? O que nos faz viver a nova vida com Deus, aqui nesta nossa única vida terrena, e um dia na eternidade celestial?
Jesus fala sobre esta autorização no Evangelho de Marcos (10.14,15), quando diz: “Deixai vir a mim os pequeninos, não os embaraceis, porque dos tais é o reino de Deus. Em verdade vos digo: Quem não receber o reino de Deus como uma criança de maneira nenhuma entrará nele.”
A verdade Bíblica é esta: Somente está autorizado a entrar no Reino de Deus quem é como uma criança – que se reconhece dependente do amor gracioso do Pai celeste, e confiante na ação misericordiosa de Deus. Toda a sabedoria e filosofia humana, toda religiosidade de autojustiça (mérito próprio) não fornece ingresso para entrar no reino de Deus.
Deus nos autoriza e nos coloca no seu reino, por meio da fé na obra de Jesus. Jesus toma, na sua cruz, a nossa condição de dor, sofrimento e morte sobre si, para nos dar a condição participantes do Reino de Deus, na certeza da vida eterna. Uma esperança selada pela ressurreição de Jesus.
A maturidade, o ingresso, o passaporte para entrar na vida com Deus está no reconhecer sua dependência, e confiar-se a Jesus. O apóstolo Paulo diz: “E se é pela graça, já não é pelas obras; do contrário, a graça já não é graça.” (Romanos 11.6).
Somente estará autorizado a entrar, a sentar na cadeira à mesa do banquete eterno, aquele que Deus colocar lá. Deus quer salvar todos (1 Timóteo 2.4).  Pela fé, nos apropriamos do passaporte. (Marcos 16.16; Romanos 5)
Jesus dá conteúdo à nossa fé. Em si, a fé é nada. Porém, a fé é tudo quando se apega à obra de Jesus. Ela é viva, ativa no amor.
Olhemos firmes para o autor e consumador de nossa fé. (Hebreus 12.2) Aqui temos nossa nova identidade, nosso passaporte, nossa autorização, nosso ingresso no reino de Deus.
“Por esta razão, importa que nos apeguemos, com mais firmeza, às verdades ouvidas, para que delas jamais nos desviemos.” (Hebreus 2.1)
jnG

Retiro dos jovens

     Nos dias 12 e 13 de outubro aconteceu mais um retiro de jovens. Foram momentos especiais de diversão, descontração, convívio, reflexão, debates, estudo, cantos.
    O ponto alto do retiro foi o fato de que os jovens prepararam e organizaram a liturgia e as orações do culto jovem do dia 13, 19h. Além de conduzirem a parte musical, atuaram no culto em diferentes momentos.
     A temática do culto foi: "Tenha um coração sábio!"
     Agradecemos ao pais que se dispuseram e ajudaram para que o retiro pudesse acontecer, e fosse tão legal!

Veja fotos do retiro de jovens em:https://picasaweb.google.com/107816929161147700451/RetiroDeJovens#

Congresso de Crianças









     O Congresso de Crianças aconteceu em Canela, no dia 06/10 (14h-17h). O tema foi: Jesus cuida de mim! (Sl 62.7) Teve momento de culto, brincadeiras, lanche, presente. Participaram crianças das paróquias de: Várzea Grande (Gramado), Gramado e Canela.
      Agradecemos a Jesus e a todos (professores, auxiliares, pais) que se dedicaram para que este congresso fosse tão legal.














 Veja mais fotos em
           https://picasaweb.google.com/107816929161147700451/20121008DECDH

Culto Dia do Idoso

 

      O Depto. de Servas organiza, anualmente, um encontro especial pelo dia do idoso. Neste ano foi no dia 03 de outubro, 15h. Teve culto com Santa Ceia, seguido de um momento de confraternização.

Veja as fotos em:
https://picasaweb.google.com/107816929161147700451/CultoPeloDiaDoIdoso#

Congresso Esportivo Juventude Mirim


      O Congresso Esportivo Juventude Mirim - DH aconteceu em Alto rolante, no dia 30/09. De nossa congregação 28 pessoas participaram. Ininiamos com devocional - cânticos, reflexão na palavra e oração. Resultado nos esportes: 2º Lugar Futsal fem; 3º lugar ping-pong fem. Os meninos também se esforçaram, mas não veio troféu desta vez. 
Parabéns a todos, valeu!!!

Seminário de Lideranças


        O Seminário de Lideranças do Distrito Hortências foi na CELCR, Canela, no dia 29/09. Representantes de diversas congregações do distrito estiveram presentes. De nossa congregação 15 pessoas participaram. 
    Os pastores, rev. Adilson Schünke (coordenador Nacional do PEM - Programa de Evangelização e Mordomia cristã) e rev. Geraldo Schüler (2º vice-presidente da IELB) ministraram o encontro.

Ser cristão é ser cidadão


Ser cristão é ser cidadão do reino de Deus. Cidadão da Pátria celeste, que é regida pelo Príncipe da Paz - Jesus. Ser cristão é confiar-se à vontade de Deus, o qual deseja a salvação de todos. É crer na obra redentora do único Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus. É viver a fé salvadora que é ativa no amor a Deus e ao semelhante. É viver na esperança, na paz, no perdão que somente Cristo Jesus pode dar através da sua obra na cruz e sepultura vazia. (1 Timóteo 2.4-6; Filipenses 3.20)
Ser cristão é ser cidadão envolvido nas questões deste mundo passageiro. É ser luz, é ser sal - anunciando o Evangelho, o amor de Jesus, por meio de palavras, atitudes, gestos.
As eleições municipais estão às portas mais uma vez. E o cidadão cristão deve participar de forma comprometida, visando o bem comum dos munícipes (não os interesses próprios), seja como eleitor responsável ou como candidato.
Podemos nos perguntar: O que devo fazer além de votar obrigatoriamente?
O núcleo ecumênico de Blumenau* confeccionou uma resposta interessante, como segue: 
*( Congreg. Ev. Luterana “Bom Pastor” –  IELB;  Igreja Católica Apostólica Romana;  Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil)
- Você precisa saber que o direito de votar em seu candidato é uma conquista histórica que seus antepassados lhe deixaram.
- Nossos candidatos não nasceram hoje, conheça suas histórias e suas lutas em defesa da sociedade.
- Uma política responsável é formada de bons candidatos e boas propostas, conheçam sem falta os dois.
- Seu voto não é moeda de troca. Não vote em quem lhe promete favores que não poderá cumprir. 
- Como cidadão você não pode abrir mão de exercer seu direito de escolha. Se você não escolher, outros escolherão por você e provavelmente suas reivindicações serão deixadas de lado.
- Não anule seu voto, anule, com o seu voto, a política irresponsável e despreocupada com as reais necessidades do povo.
- Ética e dignidade na política devem ser cobrados pelo povo sempre, não só nas eleições.
- A sua vida política não se limita aos dias da eleição. Veja se as promessas de campanha estão sendo cumpridas. Caso isso não aconteça, questione seu candidato.
- Não se limite a ser apenas um eleitor por obrigação, mas sim, um cidadão responsável por convicção.
- Ore por todos que têm autoridade, para que possamos viver uma vida calma e pacífica, com dedicação a Deus e respeito aos outros. (1 Timóteo 2.1-3)

jnG