"Mas agradeçamos a Deus, que nos dá a vitória por meio do nosso Senhor Jesus Cristo. I Co 15.57"

QUARESMA: A redenção que nos foi dada!

Redenção. Você sabe o que esta palavra significa? Redenção significa libertação, palavra esta que resumia bem a situação do povo de Deus após sair do Egito. Antes escravos, agora livres, o povo caminhava rumo a terra prometida. No entanto, a liberdade que Deus lhes tinha dado, parece que ficara na poeira da estrada. As dificuldades enfrentadas os faziam esquecer do cuidado que Deus lhes dava. Como uma criança que não se contenta com o brinquedo que ganhou e ainda quer mais, assim o povo de Israel estava agindo: “Por que nos fizeste subir do Egito, para nos matares de sede, a nós, a nossos filhos e aos nossos rebanhos?” (Ex 17.3).
Que atitude infantil! Israel esquecera a promessa de Deus feita antes, quando havia prometido sustenta-los ao longo da jornada (Ex 16.4). Israel em sua rebeldia, além de não pedir a sua ajuda, passou a ignorar a sua providência. Ora, nada muito diferente do ser humano atual! Quando surgem os obstáculos, tentamos resolvê-los a nossa maneira, do nosso jeito. Quando não conseguimos nos decepcionamos e acabamos esquecendo de pedir a Deus que nos ajude na solução do problema. É mais fácil reclamar, vociferar, do que entregar a Ele nossas necessidades. Lembremos sempre de que Deus tem três respostas a nos dar: sim, não e espere! Sem dúvida, as duas últimas respostas são difíceis de aceitar. No entanto, Deus não deixou seu povo sem solução. Ordenou a Moisés, e o problema foi resolvido: “...ferirás a rocha, e dela sairá água, e o povo beberá. ” (Ex 17.6)
O Deus que redimira seu povo libertando-o da escravidão no Egito, viria a coroar sua atitude amorosa ao prover a redenção total do ser humano da escravidão do pecado.
A Redenção nos foi dada! Eis o grande presente que recebemos e diante do qual não podemos agir de forma infantil ou orgulhosa. Deus já nos salvou, já nos redimiu em seu Filho Jesus Cristo, como declara um dos pais apostólicos Ambrósio de Alexandria: “Para eles a água fluiu da rocha, para você o sangue fluiu de Cristo; a água os satisfez por um tempo, o sangue sacia você para a eternidade... Você, depois de beber, estará além do poder da sede; aquilo foi numa sombra, isso é em verdade”
Que em mais um tempo quaresmal, a rocha eterna, que é Cristo, siga abastecendo nossas vidas para a eternidade. Creiamos na redenção que nos foi dada. Amém.

Com carinho, Pastor Valdir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário